Com algumas dicas práticas, receitas caseiras e alguns produtinhos, você acaba com problemas de umidade e mofo sem se descabelar. Confira!

O mofo não apenas leva os itens da casa a terem uma aparência desagradável, como também pode fazer mal à saúde, principalmente para aqueles que já possuem rinite, sinusite, bronquite e asma. Através da inalação, os fungos penetram no corpo humano e encontram condições favoráveis, desencadeando assim o processo alérgico.

Se você tirou o casacão do armário depois de meses de calor e deu de cara com pequenas manchas de bolor (aquelas branquinhas que não saem na lavagem), não se desespere: dá para mandar o mofo embora em dois tempos com vinagre. Isso mesmo! Ele aparece quando há muita umidade no local. Um cheiro desagradável também indica a presença de mofo, mesmo que não exista nenhuma mancha visível. E, como nem sempre é possível dar um fim na umidade, porque ela pode ser característica de onde você mora, descubra também como lidar com ela e evitar o surgimento de novos pontos de mofo.

No banheiro
Para acabar com as manchas de mofo, esfregue metade de um limão sobre azulejos e rejuntes e depois enxágue com água. Para as cortinas do box, a dica é misturar em um balde 1 litro de água com quatro colheres de sal e deixá-las de molho até as manchas sumirem. Depois, lave-as normalmente.

Na decoração
Se possível, substitua carpetes por pisos frios e cortinas pesadas por persianas. Assim, o ambiente fica menos abafado e úmido. Afaste os móveis 5 cm da parede. Se ocorrer alguma infiltração, seu móvel estará protegido contra a umidade.

No dia a dia
Nunca guarde uma peça de roupa que você acabou de usar. Deixe-a tomar um ar antes. A gente transpira ao longo do dia, então a peça nunca está completamente seca. E nunca, em hipótese alguma, guarde uma roupa úmida.

Para manchas de bolor nas roupas
O vinagre também é seu aliado na hora de tirar manchas de mofo das roupas (e não só no combate do problema nos armários). Passe delicadamente sobre a mancha uma escovinha encharcada com vinagre branco e deixe o produto agir por 15 minutos. Aí, é só espalhar água quente por cima e deixar secar. A mancha terá saído! Em seguida, lave a peça.
Abra os armários – Faça isso uma vez por semana por algumas horas para que o ar possa circular dentro deles. E não se esqueça de abrir as gavetas!

Para manchas de bolor as paredes
Misture 1 litro de água com 1 litro de cândida e uma colher de sabão em pó ou líquido. Encharque um pano na mistura, passe na parede e depois retire usando um pano úmido com água. Abra as janelas para secar bem.

Para colocar em qualquer lugar
Antimofos descartáveis são baratos, mas você precisa trocá-los de tempos em tempos, quando ficarem cheios de água.

Você também pode usar giz de quadro-negro no lugar dos antimofos industriais.  Coloque um punhado de giz dentro de um pote sem tampa no local onde desejar, quando eles estiverem molhados da umidade, não precisa jogar fora: coloque-os no sol! O mesmo giz pode ser usado por seis meses. Use o giz tradicional, que absorve mais.
Também tem os aparelhos eletrônicos antimofo. O investimento nesses modelos é um pouco maior, mas vale a pena (não precisa ficar trocando de tempos em tempos como os descartáveis!).

Aposte sem medo no bicarbonato de sódio

Preencha um potinho até a metade com o pó e coloque-o em um lugar onde ninguém vai esbarrar nele (senão, imagina a sujeira!). Se preciso, faça vários potinhos iguais e espalhe pela casa para controlar a umidade. Quando o pó formar pequenas bolinhas, é a hora de trocar.

Mas atenção: se você tiver uma rachadura ou infiltração, não adianta apenas limpar. É preciso chamar alguém de confiança para arrumar o estrago causado pela água! Tomados estes pequenos cuidados, sua casa ficará linda e protegida destes fungos que tanto incomodam nossos olhos e causam mal para a saúde.