economizar-agua

A crise hídrica que atinge o Ceará há 5 anos levanta o debate para a economia de água em todos setores da sua vida. Você está fazendo a sua parte? Veja dicas de como economizar água em condomínios.

Todos sabemos que a água é um recurso essencial à vida, porém ele é finito. Segundo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) feito em 2015, a escassez de água afetará dois terços da população mundial em 2050. Por isso é urgente a necessidade de tomar medidas para minimizar o consumo de água no nosso dia a dia. Existem diversas maneiras de economizar água em condomínios, entre elas campanhas de conscientização, captação da água da chuva, reuso de água cinza, detecção de vazamentos…

O brasileiro consome pouco mais de 163 litros de água por dia, sendo que a ONU diz que 110 litros por habitante/dia seriam suficientes para atender todas as necessidades básicas de uma pessoa. Portanto, mudanças não só de atitudes, mas de consumo são essenciais para a redução da nossa pegada hídrica.

Em condomínios, um dos fatores que está ligado ao consumo de água é a conscientização de cada família. Existem tecnologias para reduzir o consumo de água, mas também grande parte pode ser feita apenas com conscientização. Por meio de atitudes simples como desligar a torneira enquanto escova os dentes, não tomar banhos demorados, não lavar as áreas comuns com água podem economizar quantidades enormes de água tratada.

Mas quais medidas podem ser apresentadas para melhorar o consumo de água do seu condomínio e também trazer economia na conta? Entre as mais usuais estão a captação de água da chuva para uso não potável como em vasos sanitários, lavagem de pisos, entre outros… Assim é possível economizar até 50% na conta de água de acordo com a capacidade do sistema. O reuso de água cinza, ou a água proveniente de pias e chuveiros, pode passar por um tratamento e também ser reutilizada para fins não potáveis.

Um dos maiores consumidores de água são os vazamentos, tubulações antigas ou que não passam por manutenção e tendem a apresentar vazamentos, condomínios devem ficar de olho nesse tipo de desperdício e realizar a manutenção preventiva periodicamente; assim que houver constatação de vazamento, deve-se consertá-lo. Outra medida que pode ser implantada é a diminuição da vazão com dispositivos específicos em torneiras, vasos sanitários e chuveiros.

Os condomínios que possuem piscina na área comum devem ficar atentos na evaporação da água. Cerca de quatro mil litros de água por mês evaporam, portanto é preciso cobrir a piscina quando ela não estiver em uso com uma lona – essa medida diminui a evaporação em 90%.

E como dito anteriormente essas medidas devem andar junto com a evolução da educação ambiental dos moradores, por meio de campanhas de conscientização é possível demonstrar a importância de adotar essas medidas. Além da economia nas contas todos os meses, o condomínio pode se tornar sustentável e assim estará ajudando na preservação dos recursos naturais para futuras gerações.

 

Fonte: eCycle