Foto: Homenagem do iu-á hotel aos 171 anos de Padre Cícero.

Homenagem do iu-á hotel aos 171 anos de Padre Cícero.

Fiéis, romeiros e seguidores celebram nesta terça-feira (24) os 171 anos de nascimento de Padre Cícero Romão Batista, fundador de Juazeiro do Norte. Saiba mais sobre o principal ícone religioso do Cariri.

Cícero Romão Batista nasceu em 24 de março de 1884, no Crato. O sacerdote tem um papel de destaque e é considerado santo em Juazeiro do Norte.

Ordenado em 1870, a primeira manifestação de um milagre atribuído ao religioso ocorreu em 1889. Padre Cícero protagonizou o chamado “milagre da hóstia”. Quando entregou o sacramento à beata Maria de Araújo, que estava presente em sua missa, segundo vários testemunhos, a hóstia, em sua boca transformou-se em sangue. Este suposto milagre causou uma forte polêmica dentro da Igreja Católica na época e tanto Maria de Araújo como Padre Cícero foram proibidos de divulgar o milagre. Apesar dessas sanções, em pouco tempo, Juazeiro do Norte atraiu uma das maiores romarias populares do Brasil. A beata Maria de Araújo e Padre Cícero ganharam fama nacional.

O Padre Cícero conseguiu exercer um notável poder político local e enquanto estava impedido de exercer suas funções religiosas, foi prefeito de Juazeiro e, em 1914, foi vice-governador do Ceará.

Morreu no dia 20 de julho de 1934, aos 90 anos. Hoje, a maior estátua do país em homenagem a um brasileiro atrai uma legião de romeiros.

Juazeiro do Norte já é considerada o segundo maior centro de religiosidade popular do Brasil. Há estimativas de que cerca de dois milhões e meio de romeiros visitam a cidade a cada ano, ficando atrás apenas das romarias a Aparecida do Norte, no Estado de São Paulo. A polarização religiosa ao redor do Padre Cícero marca os setores culturais e econômicos: há três museus na cidade que tratam da história do Padre, a Casa Museu do Padre Cícero, o Museu Vivo do Padre Cícero e o que está situado no Memorial Padre Cícero. Há, ainda, várias casas de milagres, locais onde os fiéis depositam peças representativas de promessas ou milagres que acreditam ter alcançado.

A Colina do Horto se tornou o lugar de maior destaque nesses movimentos, quando os romeiros madrugam pela Rua Caminho do Horto, em penitência. Os fiéis visitam também o Santo Sepulcro, percorrendo ao todo mais de 6km como num formigueiro humano. No caminho do Santo Sepulcro, misturam-se a fé e o espírito de penitência, com o gosto pela natureza. A multidão que sobe o Horto tem como sua atração principal a estátua do Padre Cícero e as lembranças da história do Patriarca e dos grandes desafios que Juazeiro viveu ao longo de cem anos.

>> Sabia que temos uma agência em Juazeiro do Norte?
A loja fica na Rua José Andrade Lavor, 2244, Loja A – Santa Tereza, Juazeiro do Norte.